Projeto de Intervenção social através da Música

O Projeto “AMOR, VIDA E MÚSICA” vem somar esforços para apresentar a música como ferramenta de transformação social de jovens na faixa etária de 09 a 16 anos. A prática de orquestra e canto coral favorece o desenvolvimento da criatividade, a cooperação, o trabalho coletivo, a sensibilidade auditiva, a afetividade, a coordenação motora e a memória, além de promover o diálogo entre os colegas (seus pares), a disciplina e o comprometimento através da regência. Esta proposta está alinhada com as finalidades educacionais almejadas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

WhatsApp Image 2021-10-14 at 16.51_edite

Visando contribuir para a disseminação da cultura e para a ressignificação de valores da vida em família e na sociedade, o Projeto "AMOR, VIDA E MÚSICA - Oficina Instrumental, Coro e Orquestra" almeja fortalecer as potencialidades de moradores de comunidades carentes de bairro da zona leste de São Pauto, através da realização, GRATUITA, de oficinas teóricas e práticas de musicalização (FORMAÇÃO DE ORQUESTRA E CORO), no contraturno escolar, contemplando iniciação em violino, viola, violoncelo, flauta transversa e clarinete, pelo período de 12 meses, além da EXECUÇÃO DE UMA APRESENTAÇÃO MUSICAL aberta ao público, voltada à formação de plateia e democratização da cultura. As Contrapartidas Sociais preveem ações em escolas públicas da região.

Nosso objetivo

A Difusão da Cultura, especialmente na modalidade MÚSICA, através da teoria e prática de orquestra e coro, valendo-se desta linguagem universal que aproxima gerações. O público a ser alcançado são 90 jovens de 09 a 16 anos, oriundos de famílias em situação de vulnerabilidade social, com pouco ou nenhum acesso aos instrumentos culturais. Partindo desta premissa, o projeto também assume um compromisso de Democratizar a Cultura, aproximando este público de diversas expressões e eventos culturais. Reconhecendo o potencial de transformação que a música pode realizar na vida desses jovens, espera-se com este projeto ressignificar os valores individuais e sociais deste público, sua autoestima, além de minimizar efeitos nocivos provenientes de um ambiente muitas vezes adverso, dominado pela violência e pelo apelo às drogas.