Com 17 anos de atuação no bairro da Penha, zona leste de São Paulo, a Abape (Associação Batista da Penha), possui Projetos que visam a garantia de direitos de crianças, adolescentes e suas famílias, atuando nas áreas da assistência social, esporte, arte e cultura.

Atualmente são 450 pessoas atendidas em atividades diárias ou semanais em ações como atividades socioeducativas, aulas esportivas, atendimento de grupo e atendimento individual. Além disso, a ABAPE possui cadastro de 2 mil famílias para apoio em doações como cestas básicas, roupas e materiais de higiêne e limpeza.

.Os atendimentos são para famílias em contexto de vulnerabilidade social, seja ela material ou relacional, e tem por objetivo promover a autonomia, protagonismo e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

A Abape funciona em local cedido pela Primeira Igreja Batista da Penha e está localizada estrategicamente entre três importantes comunidades da região, onde muitas vulnerabilidades se evidenciam. São essas comunidades: Kampala, Guga e Portelinha.

A história começa em 2000 através de um pequeno grupo de pessoas sensibilizadas com as mazelas da população das comunidades da Penha-ZL

Engajados em promover mudanças no território, o grupo que faz parte da Primeira Igreja Batista da Penha desenvolveu projeto para distribuição de alimentos para minimizar o impacto da fome.

Ao perceber o grande número de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, o grupo decidiu, (com apoio da igreja), desenvolver ações que oportunizassem transformação social e garantia de direitos às crianças.

Foi então que em 2004 o grupo fundou a Associação Batista da Penha, localizada estratégicamente para atender as comunidades da Kampala, Portelinha e Guga, com prédio cedido pela primeira igreja batista que além do local, realiza repasses financeiros para manutenção da estrutura pedagógica e administrativa

NOSSA ABAPE

 

IMPACTO SOCIAL 2021

35 mil atendimentos a crianças e adolescentes em contexto de vulnerabilidade social ao ano.

70 mil refeições servidas ao ano

8 mil marmitas distribuídas para comunidades

60 toneladas de alimentos doados

135 pessoas formadas em cursos profissionalizantes desenvolvidos por parceiros

6 jovens encaminhados para o primeiro emprego

1 Formação de professor - Taekwondo

1 Bolsa atleta federal alcançada pelo Taekwondo

Formação da primeira Orquestra Social de nossas comunidades

Cadastro e mapeamento de necessidades de 2.500 famílias para recebimento de auxílio (Idosos, pessoas com deficiência, imigrantes e refugiados e comunidade LGBTQI+).

NOSSAS COMUNIDADES

KAMPALLA

A comunidade Kampala, conhecida antigamente como favela do Pé Sujo, possuí atualmente (segundo levantamento da Associação de Moradores), cerca de 2 mil famílias. Além das dificuldades relacionadas a  falta de saneamento básico, as famílias do local enfrentam constantemente a ameaça de desapropriação, devido a futuras obras do metrô da linha verde.

PORTELINHA

A Comunidade Portelinha possui cerca de 200 famílias, e apesar de menor, é hoje o local mais atendido pelos projetos desenvolvidos pela ABAPE.

A situação de falta de condições básicas como saneamento, prejudica os moradores à tempos, tendo casos de riscos graves, como desabamentos e incêndios.
 

 

MISSÃO

Defender os direitos das crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social através de práticas educacionais, cidadania e direitos fundamentais, promovendo a liberdade humana.

VISÃO

Ser uma organização em referência cristã, influenciando amplamente o desenvolvimento pessoal, e construindo comunidades e vínculos relacionais para a transformação das realidades individuais e coletivas.

VALORES

Igualdade, dignidade, fraternidade, amor, acolhimento, construção de paz, esperança, e generosidade.

Relatório de Atividades -  2020

Clique no botão acima para fazer download